sábado, 17 de abril de 2010

Medo?

A lua cheia ilumina a floresta com seu brilho ofuscante. Ouve-se um uivo longo e arrepiante. O vento sopra cada vez mais forte, produzindo um zumbido e trazando as escuras nuvens para perto de um celeiro, onde se esconde uma menininha frágil e indefesa. O farfalhar das árvores agora aumentam, fazendo a garota tremer ainda mais... A porta de madeira começa a ranger e da janela já não se vê mais uma estrela sequer... A escuridão toma conta do local e o medo vai dominando a pobre garotinha... Seu coração palpitante e acelerado, sua respiração ofegante. Inicia-se a tempestade. A menina deseja gritar, mas sua voz quase não sai...meio roouca, faz uma segunda tentativa, sem sucesso. Encolhe-se ainda mais, abraçando os joelhos e reza para que o pesadelo acabe... Um vulto aparece na janela, segurando um facão ensanguentado. Um raio cai lá fora e um relâmpago o ilumina: um rosto desfigurado, um psicopata, serial killer, pronto para atacar. Pula a janela e segue em direção à menina, que está prestes a desmaiar por conta da adrenalina que domina sua alma... O vulto a pega no colo e coloca o facão junto ao seu pescoço. Percebe então, que algo caíra no chão... Hesita por um instante, abaixa-se e... depara-se com uma linda bonequinha de pano, de vestido cor de rosa com flores estampadas. Lembra-se então que dera uma dessas para a filha antes dela ser sequestrada pela mãe. Olha uma última vez para a menina já desmaiada em seus braços... E sem dó nem piedade lhe enfia a faca no coração, mesmo com as lágrimas escorrendo pela horrenda face... Em seguida, faz o mesmo consigo...

16 comentários:

Debbys disse...

aiii! que triste!!!!!!!!!
=[
bjs

ταyиα disse...

AH realmente se cada pessoa parasse para pensar, não em si
mais no que "será de si", o mundo seria bem melhor
e cabe a nós jovens tentar mudar o futuro.
Ontem a noite eu vi uma coisa no céu, parecia fogo
acho que algum meteoro caiu na camada de ozonio e estava queimando, mas era grande d+.
Acho que é alguma falha que o ser humano causou e ja está transparecendo.
obrigada pela sua visita e volte sempre
Tayna
http://bl0gdatah.blogspot.com

Desabafando disse...

Que triste mesmo!

Vicky D. disse...

O.O acho que estou sem palavras... O.O

Ah, obrigada por comentar lá no A lua (...), por causa do seu comentário e do da Paula, não irei apagar... :)

Ah, deixei selinhos ra vc lá no outro blog...
http://instantaneouswords.blogspot.com

bjão e bom domingo :) =^.^=

Renan Mendes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Reeh disse...

O blog ta massa!
o póst nems e fala, !!!
a propósito tentei te seguir mais nem consgui =D
quando puder passa la!!!



CAOS MUNDIAl - CLICA AQUI, SEGUE E COMENTA??

Gabi disse...

Posso resumir meu comentário sobre o seu post em uma palavra: texto muito criativo :)

Olívia Yale disse...

Adorei o texto, adorei o estilo!
vou segui-la :D
mt obrigada pelo comentário no Breakfast. bj grande

Tania Girl disse...

Que triste... Você me arrancou todas as palavras... terrível, a filha sequestrada pela própria mãe...
muito triste mesmo.. você escreve muito bem!!!

Obrigada pela visita ao meu blog.
Amei o seu cantinho e voltarei mais vezes.
bjos

Ana Carolina disse...

Blog lindão. Nossa que tristão esse texto quase chorei .

Ana Paula disse...

Você é realmente criativa, adorei o post :)
Obrigada pelo seu comentário no meu blog, obrigada pela força viu?
Acabei de atualizar lá, me faz outra visita? *-*

Beijinhos.

Buba. disse...

Cara, me arrepiei! Que coisa triste..

Mariana Lopes disse...

Que horror :OO fiquei chocada, muito triste.

Fabiano Mayrink disse...

Oi Lika boa noite! quero te pedir desculpas pela demora em visitar o seu blog e responder o seu comentario... sera sempre bem vinda la no blog,

vou te seguir um abraço!

Fabiano Mayrink disse...

ps: que conto... !

Fabiano Mayrink disse...

ps de novo rs, nao consegui achar os seguidores

Postar um comentário

Deixem suas contribuições =) Qualquer recado é bem vindo. Seja sobre o post, seja uma resposta ao meu comentário.